Ana səhifə

 Como se formou portugal?


Yüklə 18.91 Kb.
tarix15.06.2016
ölçüsü18.91 Kb.

O território onde hoje fica Portugal é habitado desde há muito tempo. Mesmo antes da sua formação, viveram cá vários povos: Celtas, Iberos, Lusitanos, Romanos, Árabes, etc...

Destes diferentes povos, existem ainda vestígios como por exemplo, algumas construções, instrumentos usados por esses povos e determinadas palavras que entraram na nossa língua portuguesa.
 COMO SE FORMOU PORTUGAL?
Em 711, o povo cristão, refugiado no norte da Península Ibérica, organizou-se para lutar contra os Árabes que tinham invadido a Península.

Nesta luta contra os árabes (Mouros), os cristãos foram reconquistando o território que tinham perdido. À medida que iam reconquistando outras terras iam-se formando novos reinos cristãos – Leão Castela e Navarra...

Em 1086 D. Afonso VI, rei de Leão e Castela, para continuar as reconquistas é auxiliado na luta contra os Mouros por cavaleiros que vieram de outros reinos da Europa. Entre estes, distinguiu-se D. Henrique que, como recompensa pela sua bravura, recebeu o condado Portucalense e a mão de D. Teresa, filha de D. Afonso VI, ficando obrigado a prestar serviços ao rei de Leão.

O Conde D. Henrique procurou alargar os limites do Condado Portucalense e torná-lo um reino independente: mas morreu sem o conseguir.

Depois da morte do conde D. Henrique, o governo do Condado ficou nas mãos de D. Teresa que se subordinou ao rei de Leão e Castela. D. Afonso Henrique, filho de D. Teresa e D. Henrique, não gostando que a sua mãe se tenha ligado a um fidalgo galego (rei de Leão e Castela), resolveu lutar contra ela, vencendo-a na Batalha de S. Mamede (1128) perto de Guimarães em que D. Afonso Henriques passou a governar o condado com apenas 17 anos.

Pela luta se ter travado no Castelo de Guimarães se diz que Guimarães é o “berço da nacionalidade”. Seguindo os desejos do seu pai, Afonso Henriques lutou contra o rei de Castela e Leão para conseguir a independência do Condado Portucalense e alargar o território.

Mas só em 1143 é assinado o Tratado de Zamora, em que o rei de Leão e Castela reconheceu D. Afonso Henriques como rei. O Condado Portucalense passa a chamar-se Reino de Portugal e D. Afonso Henriques é o 1º rei de Portugal. A ele lhe foi atribuído a alcunha de «O Conquistador» por ter conquistado muitas terras aos mouros.
COMO CRESCEU PORTUGAL?
D. Afonso Henriques, logo que conseguiu a independência do Condado Portucalense, procurou alargar o território para conquistar terras a Sul do rio Tejo, lutando contra os árabes (mouros). Conquistou cidades como Leiria, Santarém, Lisboa, Alcácer do Sal e Évora.

Nestas lutas, os portugueses foram ajudados pelos Cruzados, Nobreza, Clero e o Povo, que em nome da fé cristã combatiam os mouros.

Mas nestas batalhas, o rei foi perdendo algumas terras que havia conquistado porquue não havia ninguém para as habitar e defender.

As lutas entre portugueses e os mouros duraram muitos anos: umas vezes os portugueses conseguiam empurrar os mouros para o Sul, outras vezes os mouros empurravam os portugueses para o norte.

Mas só em 1249, no reinado de D. Afonso III os Mouros foram expulsos definitivamente do território que é hoje Portugal, mais própriamente do Algarve.


PARA RECORDAR:


  • O território onde hoje é habitado é Porrtugal foi habitado por diversos povos : Celtas, Lusitanos, Romanos, Bárbaros e Árabes (Mouros);




  • Os Mouros tentaram conquistar toda a Península Ibérica mas alguns Cristãos conseguem esconder-se nas Astúrias e a partir daí recomeçam a reconquistar as suas terras com a ajuda de alguns fidalgos nobres franceses (Cruzados);



  • Os cristãos conseguem reconquistar algumas terras e formam-se os reinos de Leão, Castela, Navarra...;




  • Por D. Henrique ter ajudado o rei de Leão e Castela nas lutas, é-lhe dado o Condado Portucalense e a sua filha D. Teresa em casamento.



  • D. Henrique tenta a independência do seu condado mas morre sem o conseguir;




  • D. Teresa assume o governo do reino mas continua a prestar vassalagem ao rei de Leão e Castela;




  • D. Afonso Henriques, filho de D. Teresa e D: Henrique, revolta-se e com apenas 17 anos luta e vence as tropas de sua mãe na Batalha de S. Mamede, em Guimarães em 1128;




  • Em 1143 é assinado o Tratado de Zamora depois de muitas lutas e reconquistas, o rei de Leão e Castela, reconhece D. Afonso Henriques como rei de Portugal e o Condado Portucalense como O REINO DE PORTUGAL,




  • D. Afonso Henriques é então o 1º rei de Portugal em 1143;




  • Após a independência, D. Afonso Henriques, procura alargar o território, conquistando diversas cidades : Leiria, Santarém, Alcácer do Sal e Évora;




  • Mas só em 1249, no reinado de d. Afonso III é que se conquista definitivamente o Algarve e expulsam-se os Mouros.





Datas a decorar:

711  Início da reconquista por parte dos Cristãos, da Península Ibérica aos Mouros;

1086  D. Afonso VI dá o Condado Portucalense a D. Henrique e a sua filha D. Teresa em casamento;

1128  D. Afonso Henriques vence as tropas de sua mãe na Batalha de S. Mamede, em Guimarães e passa a governar o Condado Portucalense;

1143  É realizado o tratado de paz ( Tratato de Zamora) entre D. Afonso Henriques e o rei de Leão e Castela D. Afonso VI. É igualmente reconhecido o Condado portucalense como reino independente e D. Afonso Henriques como rei;

1249  Os Mouros são expulsos definitivamente do Algarve no reinado de D. Afonso III.


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©kagiz.org 2016
rəhbərliyinə müraciət